Menu principal
 

Solicitação de Compras ou Serviços

Todo processo de licitação é iniciado com uma solicitação de compra formal. Para que um processo de compra seja eficaz é necessário que o requisitante do item propicie à Administração o conhecimento pleno do objeto que se pretende licitar, de forma detalhada, clara e precisa e permitir à licitante as informações necessárias à boa elaboração de sua proposta, mediante regras estabelecidas pela Administração a que estará sujeita. Deve-se buscar especificações utilizadas no mercado, padrões de qualidade e desempenho peculiares a cada objeto, possibilitando o estabelecimento de padrões de desempenho que permitem ao agente público analisar, medir ou comparar os produtos entre si, sem a indicação de marcas ou direcionamento a atributos só existentes naquele produto.

 É imprescindível que a Coordenação demandante da compra justifique a necessidade da aquisição ou contratação:

* Para a Contextualização: Faça uma análise da situação atual, se possível com uma visão histórica da questão. Busque informações que definam o problema em questão. Explicite entre as soluções encontradas, e justifique a escolha de uma delas.

* Para a Motivação:  Informar como serão utilizados os bens ou os serviços a serem adquiridos ou contratados, por qual setor, dando uma visão da precariedade ou demanda pelos bens, apresentando as razões da(s) especificação(ões) e quantidade(s) em relação à(s) sua(s) adequabilidade(s) frente às necessidades. Quando o objeto se revestir de alguma peculiaridade que possa vir a diminuir o leque de concorrentes, há necessidade de motivação quanto à escolha daquela funcionalidade em detrimento de outras que poderiam atender a demanda do órgão e/ou serem adquiridas com menor preço.

Coordenação de Licitações